ABM apresenta proposta de Colóquios sobre os Acordos de Paris à CAF e à Embaixada Francesa

A Associação Brasileira de Municípios (ABM), juntamente com a Agência Sulamericana para Cooperação e Gestão Estratégica de Políticas Públicas (Amsur) vai realizar nos dias 7 e 8 de novembro, na sede da entidade em Brasília (DF), um colóquio sobre o Acordo de Paris. Segundo o presidente da ABM, Eduardo Tadeu Pereira, os objetivos do evento são sensibilizar os governos locais brasileiros para a importância desta agenda e necessidade de pensar o tema de maneira estratégica e também sensibilizar o governo central brasileiro de que os municípios são fundamentais para a manutenção do acordo, principalmente sobre aquecimento global e tratamento de resíduos sólidos.

Serão quatro mesas: a primeira sobre a Cope 21 e os Acordos de Paris sobre mudanças climáticas, uma segunda mesa sobre os Acordos de Paris e as redes de cidades, uma terceira mesa sobre governos locais e os Acordos de Paris, e uma última mesa sobre os Acordos de Paris organismos multilaterais e acordos de cooperação internacional.

O diretor do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), Victor Ricco Frontaura, confirmou participação do CAF em uma das mesas, além de garantir que dará apoio à organização do evento e ainda propôs a celebração de um acordo de cooperação técnica entre ABM e CAF, onde a entidade brasileira irá se comprometer a auxiliar os municípios a firmarem convênios com o banco.

A embaixada francesa se comprometeu a participar como representação do governo central francês, além de auxiliar nas tratativas para a participação da prefeitura de Paris e outras prefeituras que tenham experiência o com os temas que serão tratados no evento. “Foram conversas muito produtivas e que com certeza renderão frutos ao nosso trabalho pelos municípios brasileiros”, conclui o presidente da ABM.

Deixe um comentario